.....

Sábado, 9 de Abril de 2005

Continuação da continuação...Desta feita do sugar da Erótica.

O corredor que liga a cozinha à sala e aos restantes quartos estava carregado de suspiros. De gemidos. De um desejo vivo, imoderado. A febre do desejo a viajar por a corrente de ar, era quase palpável. Estava em todos os espaços. Sacudi a cabeça para arejar as orelhas e identificar de onde chegava aquela corrente que vinha carregada de erotismo. Uma porta encostada. O gemido seguinte convidou-me a espreitar. Uma melodia que nos convidava a mover a nossa curiosidade naquela direcção. Que nos tocava no âmago do nosso ser.
Espreitei para dentro da divisão. A flor da paixão desabrochava e era dela que emanava o odor que os tinha denunciado.
Meneei a cabeça e abri o olhar para o espectáculo que se me deparava. Não precisei esforçar-me para entender o que se passava. Dei um passo para trás para confirmar se por engano não teria entrado num filme pornográfico, ou erótico, ou assim. Ainda pensei em tossir para os avisar, mas antes que a tosse me entregasse resolvi que devia ao menos ver qual era o desempenho de ambos.
O movimento das duas massas hipnotizou-me. Aquele redemoinho de arrebatamento.
O ar adocicado pelo cheiro do desejo. A libido era ali a quinta-essência que me rodeava.
Os afagos eram quentes e subiam pelo ar. Formavam-se nuvens. Nuvens que me tocavam ao de leve o meu olhar.
- Enlouqueces-me. – A voz dele saiu gutural. Ou na volta até tinham algum problema nas artérias. Não sei. O que sei é que ele estava em ponto de rebuçado.
A Erótica Dos Tiques Que Se Fodam Os Gajos, tocou ao de leve com a língua os lábios dele, para de seguida os mordiscar com luxúria.
Carícias lentas, corpos desnudados, mãos a cair suavemente sobre cada centímetro da pele. Da pele dele. Encharcado em paixão, ele nem se atrevia a mexer-se. A mão dela, no entanto, movia-se não avidamente, mas sim pausadamente a saborear. Os quadris acompanhavam a dança que lhe impunha a rigidez que ele sentia.
O desejo fazia com que todos os sentidos estivessem focados na mesma direcção. A sugar, a sentir.
O suor ressaltava os músculos e as formas másculas gemiam contra o corpo da Erótica.
Peles luzidias em tempestade, enlaçados no mesmo tom. O birrento pela primeira vez teve uma reacção de descontrolo absoluto. Ergue-a no ar, naquele ar carregado de paixão. Colou o corpo ao dela até a esmagar de tensão; (leia-se tesão); contra a parede. Ele viu-se enlaçado no ardor do desejo, que aumentava de intensidade a cada novo toque da Erótica. A urgência era dele. Não vi urgência no toque dela ao tocar-lhe os lábios, sugando-os, enquanto lhe abria botão a botão num jogo de pura antecipação e provocação. Baixou a cabeça e sugou o mamilo dele. Os gemidos corriam desenfreadamente enlouquecidos. Empurrou-o e foi descendo quilómetros; (ou assim a ele lhe deve ter parecido, pela expressão de quase sofrimento que se espelhava no rosto) com a língua, os gemidos de êxtase dele, acompanhavam a descida até ao umbigo.
Ouvi o tambor de ambos que tinham encontrado um batuque perfeito. Sintonizado.
As mãos da Erótica desceram até às ancas.
Até o meu olhar era cúmplice daquelas mãos nuas que se tocavam. Dos suores. Dos tremores. Húmida a ondular. A nadar dentro de um lago de sentires travados pela imobilidade dela. Estática paralisou o ar, paralisou a água, quase afogando o moçoilo, Quando parou e sorriu.
Os dois espíritos andavam ainda pelo ar , quando a Erótica numa inocente maldade, disse:

publicado por Pontog às 12:46
link do post | Dedos Marotos | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 11 de Abril de 2005 às 22:13
Potente...arqpatricio
(http://guerradsexos.blogs.sapo.pt/)
(mailto:arqpatricio.bernardes@sapo.pt)


Dedos Marotos

..

Imagem(037).jpg

.Mais sobre Nós

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28


.Posts recentes

. Regressei (acho..)

. Vem aí o Natal...! Ho!Ho!...

. Catálogo púbicus! (perdão...

. Voltei...

. To whom it may concern...

. Os sonsos...

. Dia do Egoísmo (Reposição...

. A história D'el feijão má...

. Feliz Aniversário, Kiinky...

. O primeiro beijo

.Preliminares

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.tags

. todas as tags

..

eXTReMe Tracker

.Interesses Especificus

SAPO Blogs

.subscrever feeds