Quarta-feira, 15 de Junho de 2005

Kiinky Rock’s – ou a Noite Ibiza… ( história do conhecimento, parte...sei lá!)


Depois das confidências, havia que ir tomar um copo… ou dois, ou três. O que bem nos apetecesse e desse na real gana…Tal foram a natureza das confissões….
A decisão da saída foi tomada pelos três depois do episódio do Kiinky espojado no sofá a disfarçar mal os traques que me acusava de reprimir e que ele não se coibiu de disfarçar. Coitado do sofá! Parecia a fanfarra dos bombeiros com tanto traque.
Seria a nossa primeira saída conjunta. E depois das confissões fomos espairecer, que bem se precisava. Havia entusiasmo!
O Puto - Que - Traqueava - Desenfreadamente ficou animado e queria empiriquitar-se todo. Demorou um tempão a preparar-se. Pediu até, maquilhagem emprestada. Mas finalmente convencemo-lo a tomar banho e a mudar de roupa! Afinal, ele queria-nos levar a um bar especial para ele…ou como quem diz ir ver um amigo - colorido em quem estava interessado.
Nome do bar: Belisca. ( o panfleto promocional dizia: Belisca se te atreves, que eu gosto”). Sugestivo. Aliás vindo do Lingrinhas, só podia.
Uma autêntica sala de ajuntamento de fumo, de cigarros de legalidade duvidosa. Fiquei de pé atrás quando vi a excitação do Puto, que chamou a atenção do empregado “amigo” com um aceno que mais fazia lembrar o cumprimento da rainha de Inglaterra. O “amigo” aproximou-se e selaram no encontro com um apalpão.
A Erótica olhou para mim e...rimo-nos. Tentei que fosse de modo discreto. Não consegui.
Antes que fosse brindada com cumprimento igual, adiantei-me e estiquei a mão e disse olá.
Naquele bar parecia que a linguagem era de sinais de fumo, bem como cheia de alguns índios, que destilavam algumas penas.
Sentámo-nos no canto. Os bancos e mesas pareciam o antigo Alcântara-mar… em vermelho. Com alguns dourados… candelabros e assim… estava para ver como eram os WC… teriam fraldário, ou bancada? …Adiante…
Havia música e o corpinho do Lingrinhas passou do rebolar, para o bambolear… começou a menear-se em trejeitos com alguma desenvoltura. Pior, acompanhava a música com gritinhos de Michael Jackson, estava aliás a ver quando é que a criatura sacava se uma esticada de perna e se agarrava a …er…certas partes com um “ ó Yeah”.
Baixou-lhe uma mescla de Britney Spears com o Madonna e Michael Jackson, ou seja, loiro, fashion victim e…er…branco (?)… com Yeah… Saracoteava-se…
Bela mesa, sorte foi que não lhe deu para subir para ela, para realizar um table dance para o empregado. Após o pedido da bebida… voltámos a falar.
-Hum…-dizia o Puto – Traqueador ao olhar para o rabiosque do amigo.
- Se decidires atacar de proa avisa, que mandamos os salva vidas… - não resisti em provocar.
- Ó Erótica, olha ela… - disse em sinal de queixume…e fez beicinho.
-Euuu? Queixinhas!- e controlei mais uma vez o riso.
- Ó pá, vocês não comecem! – pediu de modo pachorrento a Eros.
E rimos. Os três.
O pezinho da Eros agitava-se em sinal de sentir a música. O Puto agitava-se todo, parecia a gelatina…há espera. Deglutia pipocas salgadas e consequentemente ficava extraordinariamente sedento… pediu cerveja para tentar dar arrotos sonoros. ( por esta altura percebi que gases era com ele…). Estava gaseado.
Pegou na caixa de fósforos e começou a utilizá-los para fazer desenhos com os mesmos, no tampo da mesa. O que escolheu fazer? Duas linhas paralelas, iguais e formavam….carris. Estava o Puto na construção e eu, sem pedir licença passei a mão e espalhei os fósforos, destruindo a formação exacta e deixando-os completamento espalhados…
Olhou para mim, boquiaberto com a minha audácia. Retorqui o olhar, mas calmamente disse:
- Carris não… pontes. Constrói antes, pontes… continua a construção, muda é de obra.
Continua… - E sorri.
Vi-lhe os olhos brilharem. Retribuiu-me o sorriso. Coloquei-lhe a mão no ombro e levantei-me. Fui ao balcão e deixei-o o ali, sentado, com os fósforos. Alternava o olhar entre a própria mão com fósforos e a minha ida ao bar… Continuava a sorrir.
Gosto do Puto… é indesmentível. Este era o pensamento que me acompanhava até ao empregado…
Fui requerer uma nova dose… agora começariam os shots… mais tempo e conversa pegada.

SeeUArround e afins ;-)


publicado por Pontog às 19:13
link do post | Dedos Marotos | favorito

.Mais sobre Nós

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28


.Posts recentes

. Regressei (acho..)

. Vem aí o Natal...! Ho!Ho!...

. Catálogo púbicus! (perdão...

. Voltei...

. To whom it may concern...

. Os sonsos...

. Dia do Egoísmo (Reposição...

. A história D'el feijão má...

. Feliz Aniversário, Kiinky...

. O primeiro beijo

.Preliminares

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.tags

. todas as tags

.Interesses Especificus

SAPO Blogs

.subscrever feeds