Quarta-feira, 29 de Março de 2006

Pessoas-Pintelho

 

As pessoas-pintelho, ou a melhor maneira de serem reconhecidas parte de uma caracterização, ou seja, saõ aquelas que são como os ditos (pintelhos), aqueles que cuspimos, cuspimos mas que acabam por dar vómitos, por não sairem da boca...

Cada um caracteriza estes espécimens confrme pode, ou lhe dá jeito: aventesmas, aves-raras, pessoas-cinzeiro (que por muito que beatifiquem, nunca chegarão a santas - nem caídas), pessoas-parvalhonas, pessoas-sem-nada-de-coisa.

Mas fácimente se encontra este género no nosso campo de visão, se olharem em volta, bem em vossa volta. São exactamente aqueles que desejamos por vezes cravar na parede com o agrafador.E enfeitar o presente com um post-it: pessoa-pintelho!

Cada um até no modo como as caracteriza, ou detecta é próprio. Cada um tem o seu...

As pessoas-pintelhos, enfim, há como o próprio e pormenorizado pêlo: ralo, crespo, mais ou menos comprido, mais ou menos frizado ...fora as cores...e até carecas...!

Aiii santa língua :p ...Ai santa paciência! Bah....

 

SeeUArround e afins...

 

Fetiche

 

sinto-me:

publicado por Pontog às 19:26
link do post | Dedos Marotos | ver comentários (2) | favorito

What Sign Is Your True Love?

 

Pois é fui fazer este teste. Aqui fica o link disponibilizado para que o possam fazer também... http://www.blogthings.com/whatsignisyourtruelovequiz/

 

Ah...e o meu resultado...

 

What Sign Is Your True Love?

"Your True Love Is a Taurus

Why you'll love a Taurus:

Romantic and sentimental, a Taurus can provide you with the security you need.
And you both share a fondness for the finest things, from great food to luxury vacations.

Why a Taurus will love you:

You have the honesty and direct approach that down to earth Taurus desires.
And enough elegance to show a Taurus a few new decadent delights! "

 

(Sempre quero ver esses resultados...Kiinky...? Erotica? Vão lá fazer que sempre quero ver ...e não vale espancar a máquina, se o resultado não for do vosso contentamento... :p )

 

SeeUArround e afins... :)

 

Fetiche

 

sinto-me:

publicado por Pontog às 14:34
link do post | Dedos Marotos | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 20 de Março de 2006

Nesta "Rádio"...

Melanie C - First Day Of My Life

So I found the reason to stay alive
Try a little harder see the other side
Talking to myself, too many sleepless nights
Try to find a meaning to this stupid life

I don't want a simple thing
Sometimes i don't know who to be

Hey, what you're looking' for?
No one has the answer, they just want more
Hey who's gonna make it back?
This could be the first day of my life

So I found the reason to let it go
Tell you that I'm smiling' but it's too mean to grow
Will I find salvation in the arms of love?
Will it stop me searching?
Will it be enough?

I don't want your sympathy
Sometimes I don't know who to be

Hey, what you're looking' for?
No one has the answer, they just want more
Hey who's gonna make it back?
This could be the first day of my life

The first time I really feel alive
The first time to break the chain
The first the time to walk away from pain

Hey, what you're looking' for?
No one has the answer, they just want more
Hey who's gonna make it back?
This could be the first day of your life

Hey, what you're looking' for?
No one has the answer, they just want more (ooh, yeah)
Hey who's gonna shine a light?
This could be the first day of your life

 

...ouve-se a melodia que vai no teu coração...e quando a memória falta, seja por que motivo for, há sempre alguém que a canta  :)

Beijos,

SeeUArround e afins...

 

Fetiche

 

sinto-me: Oh! Oh! Oh!

publicado por Pontog às 10:21
link do post | Dedos Marotos | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 19 de Março de 2006

(Re)Encontro.

 

Voltei...

Hoje serei a tua amante.

A que te faz tremer de prazer.

Deixa que minhas mãos te toquem.

Que meus lábios te acariciem.

Deixa-me sentir a tua pele macia...

Passar os meus dedos nos teus cabelos.

Fechas os olhos. Saboreias o momento.

Saboreamos..

A vida afasta-nos...

Mas sentimos não passar um sem o outro.

Olhamo-nos e sorrimos.

Que tontos!

Será a vida quem nos afasta ou nós mesmos

Com as nossas eternas complicações?

Mas isso agora não importa.

Vês? Estou aqui!

Voltei!

Sente-me...

 

Fiquem bem e não esqueçam.. sejam felizes ;)

Erótica


publicado por Pontog às 16:46
link do post | Dedos Marotos | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 17 de Março de 2006

Será desta???

Estou mtoooo zangada com os srs do Sapo. ca raivaaaaaaa!!!! Mania de complicar coisas simples! Alguem me explique porq é que agora um blog com vários autores.. cada autor tem q ter um blog pessoal mesmo sem o querer... por mais que tente não consigo perceber o porquê. Será que o sapo precisa aumentar o nº de Blogs existentes no seu sistema??? Bahhh!!! E depois vao enviar o mail do costume a dizer que como o blog está inactivo tem q ser apagado... Não dá mesmo para entender...
sinto-me: Rais parta o sapo!!!!

publicado por erotica às 15:49
link do post | Dedos Marotos | ver comentários (1) | favorito

teste

irra para o sapo e mais o novo sistema!!!
sinto-me:

publicado por Pontog às 14:41
link do post | Dedos Marotos | favorito
Quinta-feira, 16 de Março de 2006

Sexo Virtual 2

 

A conversa tinha ocorrido no jantar com uns amigos. Discutiu-se sobre o sexo virtual, ou a pretensa, "virtualidade" inerente ao suporte. Eu e ela discordámos, ela dizia que tudo o que é entre ambos, desde que não corrocpa a vontade ou contrariedade do outro, era e é válido. De facto entre nós dois tem sido assim. Em todo o campo da vida a dois. Não concordamos em tudo, nem vemos todas as coisas das mesma maneira, o que dá boa troca de argumentos, mas de pazes doces, de discussões que nem chegam a ser.

Dizia ela, como podes tu falar do que não conheces? Pode ser interessante, com apessoa certa (lançou-me o olhar de que era ela, claro. De facto, contra factos não há argumentos, seria ela, efectivamente e com ela, caso acontecesse). Passaram uns dias, já nem me lembrava daquilo. Então tive de levar trabalho para casa e o meu chefe disse que se conectava então mais tarde, pelo MSN para eu lhe ceder o trabalho e passar a minha parte do projecto. Portátil ao ombro.

Aproveitei o facto de o ter levado e fui trabalhar no quentinho. Na cama. Assim que ele se conectasse eu passava o documento. Estava eu a dar ao dedo, só, enquanto a minha miúda estava a arranjar-se, cremes e preparos na manhã seguinte... Chegou,deitou-se, aninhou-se depois de pegar o livro que estava na cabeceira. 

O meu chefe entrou de facto no MSN e tivémos a conversar, o futebol, a empresa, enfim, coisas de gajos que parece por vezes que assim comunicam melhor e fazem passar as suas ideias mais eficazmente do que quando numa mesma sala, mesmo que do lado de lá me estivesse a chamar cabrão e a mostrar-me a língua. Não fazia mal, eu também tecia as minhas considerações. A ele e a quem o tinha colocado no meu caminho, a Sra mãe dele...Mas adiante.

A minha miúda tem rasgos que me surpreende. Foi um dos casos. começou a chegar-se e eu disse, é o chefe. Não pareceu muito interessada. Colocou a mão dela por debaixo dos lençois, a tactear partes minhas, também cobertas. Comecei a rir,e e a dizer para não me provocar. então, deduzo que com o chefe não penses experimentar o sexo virtual. E deixou sair um risinho que não sabia se naquela altura me deixava entre o nervoso e o ansioso. Mas as mão dela estava a achar o seu caminho para o meu sexo. Tentei concentrar-me a conversa com o Boss. Mas estava difcil. Ela percebe das coisas. Percebe todos os meus botões. com a mão desceu do peito, passou pelo umbigo, coisa que me deixa bastante alterado, porque desperta em mim algo considerado...o prelúdio do desatino, de caminho ao extâse.eija-me o pescoço, afaga-me o cabelo...e as minhas mãos no teclado. suspensas entre a bara de espaços e o control, com vontade de acertar o Alt f4 ( que fecha tudo) e dedicar-me aquela delicia. Ela sorria-me docemente perversa. E o meu boss, naquele momento decidiu pedir-me conselhos bolsistas, um hobby dele, o qual não jogo, porque não tenho dinheiro para esse gosto/vício.

Começou-me a afagar o falo, que despertou perante o toque da sua midas, não se transformou em ouro, mas que reconhece o seu toque, o seu gosto...entendem-se às mil maravilhas. São grandes amigos. Os melhores. Eu já gemia e tentava que as letras não me aparecessem desfocadas...tentava tocar a miúda com a mão e escrever com outra, mas ela agarrava-me a mão e colocava no teclado com um sussorro ao meu ouvido. Ainda não, antenção ao estaço, à barra... e mordiscava-me a orelha... Eu estava louco! Já amaldiçoava o Boss e a sua panca pela bolsa, enquando me tratavam carinhosamente do saco...

Já sabia lá eu o que escrevia, já só pensava em não me vir...e já sentia o amigo pulsante, vibrante com a atenção a que estava votado... Que direito tinha eu para lhe pedir calma e serenidade? Eu nem pensar já conseguia! Começou a beijar-me o peito, enquanto eu batia...teclas! Baixou gentilmente para a minha barriga...eu gemia, era só a música que sabia trautear e a qual todo o meu corpo respondia com um ondular...

Senti os lábios, a língua que cirandava e palminhava todo o meu mapa corporal, grandes amigos, aliás, viu-se no grande encontro de ambos...enqunato eu me vim, depois de um tratamento oral que me ficana memória, pelo que não pude impedir e pelo que senti de tão intensamente. Seguido de uma língua que serpenteava por toda aquela parte... não ficará deletado na memória.

Mas com tal agitação, fechei a tampa pois então, uivei que me fartei e posso garantir que não mais, a partir desse dia me depilei. O que entalei, não sei...mas tenho vindo a receber beijinhos e pomadinha,no dito, porque fiquei aflito.O estado do teclado, todo pegado, fiz cara de inocente, quando alguém questionou, quando depois o utilizou, porque stava tão peganhento. Não fui nojento! Somente limpei o que consegui, e mais consenti, mas não podia esfregar...e as indicações das teclas apagar...(dava um fado). Minha nossa o que faço por ti, até m'entali!

Depois li o que escrevi, porque sou sincero, não fazia a mínima do que tinha feito ou dito ao Boss...então, respondi sobre, o PSI20 ...sugeri, sem saber com uns: -"espere, espere! Está baixo, está baixo! Espere subir mais, mais... mais um pouco...Depois venda! venda!" (isto na verdade era referente ao que pedia à miúda por onde passear a língua... )

Aconselhei, também sem saber a entrar no NasDaq na verdade: "Na dá (na vês)Q ...ai.... "

Resultado, o homem seguiu os meus conselhos, que não me lembro de dar, mas que foram dados com prazer... Ele tinha o dinheiro, investiu...e curiosamente, ganhou! (Não me perguntem como, mas ganhei uma promoção e cada vez que passa por mim, o homem pisca-me o olho, de confiança!)

Hoje, sou adepto de mais uma forma de amor, ou sexo...virtual ;)  (esta)

 

   SeeUArround e afins... ;-)

 

   Fetiche

 

sinto-me:

publicado por Pontog às 16:11
link do post | Dedos Marotos | favorito

Sexo Virtual

 

Frequentava um chat, em que havia lá uma pessoa que não continha a sua curiosidade sobre o sexo virtual, que queria ler, ou ver, ou se os presentes já tinham experimentado... Digamos que eu não tinha, de facto. Mas tanta pergunta e a maneira como eram feitas, de modo descontraído e que suscitavam sempre um sorriso, a ideia começou a instala-se na minha cabeça como algo executável. Pelo menos em teoria ou vontade, essa cada vez mais crescente.

Nesse dia, levei o portátil da empresa para casa. de modo a tentar ver como funcionava aquilo do sexo virtual. Assim, mesmo que não respondesse às perguntas sobre o tema, parecia interessante, vir-me em forma de algorítmo. E sorrir quando me lembrasse. Assim foi. Bateria, -que está para o pc portátil, como o viagra para a verga,- a tiracolo, aqui vou eu, com a ligação estabelecida para o orgasmo cibernético.

Cheguei a casa e liguei o pc. Fui buscar umas tostas, enquanto era eu que aquecia. E não gosto de ter estas iniciações, execuções ou sensações de barriga cheia, gosto de me vir, mas saborear...satisfazer-me mas com acomidinha certa. O alimento que faz crescer! Neste momento colocam-se algumas questões. Não podia ir para o chat que normalmetne conhecia e frequentava, porque seria reconhecido, também já ando nisto à um tempo, para saber que há muito olho vivo por ali...Além disso quando um individuo vai às putas, também não diz às legítimas (quer dizer, pelo menos os que não são suícidas ou tentar provocar algum homicidio...por veneno de rato na sopa...) comecei a pensar, onde haveria uma casa de putas virtual, cibernética, chateira... é que não podia propriamente perguntar na tasca da esquina...como se fazem nos vilarejos, cidades, ou procurar uma casa da luz vermelha, entrar e perguntar pela "madame". (Nesta altura pensei que a bateria se ia gastar antes mesmo de começar...)

Uma busca pela aldeia global e encontrei o sitio apropriado para me extasiar por momentos. "Chat Sex String" era o letreiro a neon que me surgiu diante dos olhos. (ou seja o cabaret da coxa mais próximo, onde ninguém tinha pernas, mais dedos, para mexer nas próprias teclas ao ponto de encurtar o espaço da barra e conseguir escrever mais , si, si um poquinho mais e...aaah!)

Assim fiquei com um bordel dentro de casa (salvo seja) criei um nick e preparei-me para ser criativo e dar ao dedo. A conversa era apelativa, dependendo quem nos entrasse ela sala a dentro. Podia imaginar estar a fazer sexo em grupo...ou só com outra pessoa, mas, de facto estava a fazer comigo.

Encontrei na Sabrina umas teclas apelativas, que falou no mítico "Garganta funda" e de como conseguia fazer aqulo que a Linda Lovelace fazia...Estávamos ambos em "home", apesar de cada um na sua...Começou por dizer-me como estava vestida, perdão despida... que se tocava ali e acolá...e eu a dizer que estava a tirar o meu pirolito - é assim que chamo ao meu parceiro tolas-pirolito de baixo para fora das calças e que ele estava atento à conversa... ela a dizer o que fazia, tirava, acontecia...eu só via e sentia era o meu teclado não acompanhar aminha mente, o pirolito começou com as turras ao teclado, traumatizou a barra de espaços, que só queria fazer "Insert" na Sabrina, que de tão doida dizia ela, estava quase a fazer "Ctrl" (control) "Alt" (out)...e o pirolito já só pensava no "End", enquanto se dava o "page up" "page down" de tolas minhas... Deixámo a ideia de "pause" de lado... o teimoso Tolas-Pirolito tentava o "Enter" final  na Linda quando o pc pifou, por sobreaquecimento...  MERDA!!!! (Por pouco o meu Tolas não ficou traumatizado!)

Esta experiência...bom...

Eu não sei se funcinou com a outra pessoa, mas dei comigo a ter exactamente a mesma sensação de quando a minha mãe me sacou das revistas da "playboy" e "Gina" de debaixo do colchão e me apanhou a ver o meu primeiro filme pornográfico, que era...em alemão, não percebia nada, mas que percebi que tinha de puxar muito pela minha pila, para ela conseguir chegar àquele tamanho do alemão-salsicha... Hoje, tenho uma Nobre...mas trabalhadora salsicha.

O que é certo é que eu não sabia bem como fazer aquilo...ou no que consistia muito bem, mas se desse como resultado o prazer, como os putos hoje em dia dizem 'tasse. Fiz "Delete" da ideia por uns tempos...

(Desafiaram-me a escrever sobre "sexo virtual", aqui está :p)

 

SeeUArround e afins...  ;-)

 

Fetiche

sinto-me:

publicado por Pontog às 15:28
link do post | Dedos Marotos | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 15 de Março de 2006

Deus criou o homem e o diabo abençoou a mulher

Não resisti a publicar um post de um Homem que demostra ter muito orgulho no seu "saco". lol

O ego de um homem é valorizado
sempre que ele tem um "saco" respeitado,
charmoso e também bem quisto
por todas as mulheres. Aprendi, através de
palavras que ouvi quando ainda era
criança, que o homem é um ser superior.
Palavras às quais não dei o justo valor na
época em que foram proferidas, mas que
hoje eu afirmo serem verdadeiras.
Vocês mulheres sempre me contradizem,
chamam a nós homens de
convencidos e revoltam-se com essa nossa afirmação.
Na verdade o que vocês sentem é inveja
por terem sidas criadas sem um "saco"
para coçarem em suas horas de tédio.
Mas eu as perdôo por agirem assim.
Amo-as com fervor. Sou muito bondoso e
estou sempre cheio e de carinho por
alguém que não tem um "saco" entre as
pernas. Vocês mulheres, que mesmo nos
momentos em que discutem com nós
não deixam de ser apaixonadas, podem
até dizer que a razão desse sentimento
carinhoso que as envolve não é o amor
que vocês sentem por ele e a
necessidade que vocês tem desse nosso
"saco". Podem ainda afirmar não ser a
existência de um "saco" o motivo de vocês
nos idolatrarem, acharem tão belo e
terem sempre um sorriso para um
homem. Mas não se entristeçam
bobinhas, nem tão pouco sintam inveja ou
se desesperem. Esse amor que sinto faz
com que eu me torne consciencioso e
que este meu "saco" seja, por direito, de
todas vocês. Houve justiça no momento
da criação. O amor nasceu quando Deus
criou o homem a sua imagem - com "saco" - e
o diabo abençoou a mulher tornando-a
desejável e sensual.

(CARLOS CUNHA)

Texto retirado de http://geocities.yahoo.com.br/dacunha_jp/paginadefotosfloral.html


Fiquem bem

Tenham uma noite descansada

Erótica


publicado por Pontog às 03:46
link do post | Dedos Marotos | ver comentários (1) | favorito

.Mais sobre Nós

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28


.Posts recentes

. Regressei (acho..)

. Vem aí o Natal...! Ho!Ho!...

. Catálogo púbicus! (perdão...

. Voltei...

. To whom it may concern...

. Os sonsos...

. Dia do Egoísmo (Reposição...

. A história D'el feijão má...

. Feliz Aniversário, Kiinky...

. O primeiro beijo

.Preliminares

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.tags

. todas as tags

.Interesses Especificus

SAPO Blogs

.subscrever feeds