.....

Sexta-feira, 16 de Setembro de 2005

Setembro – peças…puzzle - I

Rico mês que é o mês que até por si só e se mais não bastasse nos encontrámos…cruzámos e começámos esta partilha que não cessa. Não sei que está escrito ou se de alguma forma estávamos inscritas…. Não faço a mínima, porque mínima sou eu, a pirolona tu. A sorte grande e a terminação…mas com determinação.
Virámos folha, página, livro…que se escreve e reescreve…que se encontra no dia e na noite para a continuação da história… Sentinela do ser, ilhas… hotéis fantasmas…mas também, trinca-espinhas miúda, das de uma grandeza magnânime. Empata e papa-açordas…de gargalheis e risadas díspares, constantes e presentes.
Um ano de dia a dia em que cada vez tinha mais horas e… em que o tempo não cabe, não chega. O querer estar mais e espreguiçar… o descontrair… a esperança renovada, encontrada e reencontrada todo o dia. Ora um momento seguido de um oki doki que logo depois recebe o “um eu vi um sapo”…linhas traçadas da vida, por minúsculas na tela de uma fundo colorido…troca de sentires e turras, casmurrice e resolução… são, coração …sem formatação.
Jogo de mãos, pensamentos e acção. Expressão…impressão digital, universal.
Pessoal pensamento, crescimento…Querer soberano, com quês de profano.
Depravações, perversões…citações…desejos e visitas de pai natal que ofertou o seu melhor recuerdo num qualquer dia de Setembro.
Tudo, com todo o resto…mundo perfeito e completo.
Bolo cravado de lato encontrado…condensado e adocicado… Tou esperançado em ser encontrado…
Mapa do tesouro e X unos numa inscrição e separados numa qualquer encarnação. Reclamação no bolso, entregue em mãos, com pisadela e lição com direito a sermão. Não se enganem para a próxima no género, não…
Um ano que desdobrado muitos mais se contarão… pelas horas pois então. Cálculo desfeito, sentir bem perfeito…
Imperfeições e muitas mutações e oscilações…mas amizade com precisões. Perigosa e constante… mau feitio e bicho do mato… Ficar em liberdade com alguém e na presença desse alguém…de ti. Como escrevi sobre nós. “Sabes... Esta amizade cresce e cresce...ou expande-se e expande-se... desisti de perceber, vou viajando nos sentidos que não são poucos. É melhor nem contabilizar o que podia ter já acontecido o não ter feito ou ter... opções...destino...não sei. Não sei mesmo. O sentir...o encher...o preencher. A loucura assumida. A contrariedade superada. A Oscilação "topada" e interpretada...a complicação desmontada...A aproximação de extremos...a igualdade, a diferença. Tudo, com todo o resto. O Ficar misturado com a liberdade. Ou a liberdade, ficando...A falta, a ausência que só o cheiro “pode dar noção de mortalidade...Mas a saudade preenchida... O medo...da mágoa... momentos inesquecíveis...a normalidade inexistente... contornos únicos... ó meus arco-íris...”
Trambolho, pançudo que de branquelas pareces translúcida…não és transparente aos sentires, não ao meu.
Tráfico, transferência, música…cruzámo-nos num recomeço, num princípio que virou recomeço…remédio e bálsamo produzido na medida certa. Efeito que tem causa…
Montanhas russas, turras barreiras, ameias e a collants…
Momentos voltados… de mãos vazias, que viraram braços cheios…tenho para ti um abraço para dar, entregar e retribuir.
Afecto e carinho crescente, presença permanente. Instala-se em mim a sensação que por muita oscilação, faço questão de dizer não à solidão…apertar-te a mão e reconhecer o coração. Ser livre na presença de alguém é bênção, poder ser mais ainda.
“Ora”, “hum”…que dizer, “sei lá eu” … de “gargalhei” a vocês sabem lá…de “lamechice” adocicada. De assumpção do Eu de todas as peças incertas e decertas…a enrabei e vociferei…Amizade conquistada, merecida e sofrida, mas prazeirosa e saborosa. Debatida e sentida…de nesta história de Era uma vez Ai só tenho a dizer: “mereceu”, aguenta!
Percurso liberto, coração aberto… Setembro, decerto.
Gosto muito de ti, miúda. Assim com as peças todas que de ti fazem parte…bem acomodada estás no meu lado bom. E bem vinda à minha vida.

publicado por Pontog às 16:13
link do post | Dedos Marotos | favorito
|

..

Imagem(037).jpg

.Mais sobre Nós

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28


.Posts recentes

. Regressei (acho..)

. Vem aí o Natal...! Ho!Ho!...

. Catálogo púbicus! (perdão...

. Voltei...

. To whom it may concern...

. Os sonsos...

. Dia do Egoísmo (Reposição...

. A história D'el feijão má...

. Feliz Aniversário, Kiinky...

. O primeiro beijo

.Preliminares

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.tags

. todas as tags

..

eXTReMe Tracker

.Interesses Especificus

SAPO Blogs

.subscrever feeds